a moda da ansiedade

o corpo todo dói

as palavras de atropelam

eu não aguento mais

os joelhos doem, todos os músculos doem, maxilar tensionado

ombros, costas

dor

choro preso

vontade de quebrar tudo

raiva

[por que eu sou assim?

nunca melhora, nunca vai.

não vou pedir ajuda, ninguém pode fazer isso]

[eu quero correr, eu quero fugir

sair de mim

se ainda fosse só isso

nunca é só isso]

 

coceira, nervoso, irritação, depressão

palavras se embaralhando, fluindo, saindo, sem sentido,

dor no peito, dor de cabeça, dor no corpo, calafrios, temores e tremores

você vai embora

não quero que você vá mas você deveria

 

[misto, eles dizem]

 

[é só moda

você não tem nada

a psicóloga não te deu um laudo, só palavras

então você não pode provar que não faz parte da moda

outras pessoas estão piores

e talvez precisando de você

mas você  não tá lá

sua inútil]

 

me desculpa

vou explodir

mas não repara na bagunça

e não precisa juntar os pedaços

[me deixa pra lá

eu sou um problema meu

vou ali explodir

não repara na bagunça]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s